2020

A+ A A-

Observatório da Natureza de Marcelim

Classifique esta informação
(0 votos)

Código do projeto | NORTE-04-2114-FEDER-000659

Objetivo principal | Preservar e proteger o ambiente e promover a utilização eficiente de recursos

 
Região de intervenção |
Concelho de Cinfães

Entidade Beneficiária

    Município de Cinfães

Data de Aprovação |
11-03-2021
Data de início da obra |
08-06-2020
Data de conclusão da obra |
31-12-2021
Custo Total da Obra |
263 924,41€
Custo total elegível |
263 924,41€
Apoio financeiro da União Europeia |
FEDER – 224 335,75€
Apoio Financeiro público nacional |
39 588,66€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos

Situado em plena Serra do Montemuro, o projeto contempla uma paisagem caracteristicamente composta por mosaicos, tais como aglomerados rurais, agricultura e floresta, capazes de albergar uma diversidade faunística e florística imensa. Mais concretamente localiza-se no espaço adjacente à Rua do Miradouro, na localidade de Marcelim, pertencente ao concelho de Cinfães, num troço próximo da Capela de Nossa Senhora dos Milagres. O projeto consiste na construção de dois pontos de observação estrategicamente colocados, um no patamar superior, com vistas orientadas para o vale do rio Bestança, e outro no patamar inferior, com vistas orientadas para a foz do rio Bestança e o vale do rio Douro. A presente operação visa atribuir uma nova funcionalidade ao espaço como espaço público de lazer, tirando o melhor proveito das mais-valias e vistas que esta área proporciona, tendo em conta as suas características naturais, de compatibilização com as mesmas e numa perspetiva de sustentabilidade, indo assim ao encontro dos objetivos do eixo prioritário de investimento, que se baseiam na conservação, proteção, promoção e desenvolvimento do património natural e cultural. Com a implementação da intervenção proposta, o município de Cinfães pretende alavancar o investimento no Turismo de Natureza, sendo este considerado como um dos principais produtos turísticos prioritários da Região do Norte, como emanado na Agenda Regional do Turismo. O projeto tem como objetivo a criação de um espaço de visita e lazer, permitindo a valorização dos recursos naturais existentes no Município, com equipamentos e infraestruturas de apoio ao seu funcionamento, nomeadamente, pavimentações, zona de estacionamento, espaço pedonal e zonas com mobiliário urbano. É também pretendida a criação de plataformas, tipo observatórios da natureza, para que os visitantes possam usufruir da paisagem do local. A operação visa também a aposta num turismo acessível para todos, promovendo a acessibilidade a pessoas com deficiência ou incapacidade. Neste sentido o projeto prevê a colocação de um elevador para pessoas com mobilidade reduzida, tornando possível o acesso da parte superior por pessoas em cadeira de rodas ou com dificuldade de locomoção. A proposta tem como premissa a requalificação do espaço a intervencionar, tornando-o um local de usufruto público dedicado ao lazer e à fruição da paisagem, tendo como base a incomparável potencialidade das vistas que esta zona proporciona, permitindo assim alcançar um objetivo primordial que se traduz no aumento do número de visitantes a sítios de património cultural e natural. Pretende-se que o Observatório da Natureza de Marcelim constitua uma mais-valia como espaço público para todo o concelho e a região Norte do país, constituindo-se como um espaço utilizável por todos os visitantes e tornando-se num ponto atrativo para o Turismo de Natureza. Desta forma, o município visa promover o equilíbrio necessário entre o desenvolvimento, o investimento e o respeito pela biodiversidade e conservação da natureza, adotando e concretizando políticas e ações que visam o Turismo Sustentável.