Logo
Imprimir esta página

Gabinete de Apoio ao Emigrante ao serviço dos cinfanenses

Gabinete de Apoio ao Emigrante ao serviço dos cinfanenses
Classifique esta informação
(0 votos)

O Gabinete de Apoio ao Emigrante de Cinfães continua a apoiar os cinfanenses a viver ou a trabalhar fora do país, assim como os que optaram por regressar à sua Terra Natal. 2020 foi um ano atípico mas o atendimento (presencial, telefónico ou digital) aos emigrantes, ex. emigrantes e seus familiares foi sempre assegurado. Desde 2017, ano de entrada em funcionamento, o Gabinete já deu resposta a uma centena de processos e fez cerca de 250 atendimentos. As pensões de velhice, invalidez e de sobrevivência são o principal motivo de intervenção desta estrutura de apoio aos cinfanenses que residem ou já residiram fora do país. O maior número de pedidos registado são de munícipes que já estiveram ou estão emigrados na Suíça, França, Espanha e Alemanha.

O Gabinete de Apoio ao Emigrante localiza-se na Casa dos Outeirinhos e resulta de um protocolo de colaboração com a Direção Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas. Trata-se de um serviço gratuito que pretende apoiar os cinfanenses que pretendam ir viver e trabalhar para outro país, os que tenham estado emigrados, os estejam em vias de regresso ou os que ainda residam nos países de acolhimento. Presta informações sobre os seus direitos, contribui para resolver os seus problemas, nomeadamente, no regresso e reinserção. Os assuntos tratados estão relacionados com pedidos de pensão de velhice, pensão de invalidez, pedido para atribuição de subsídio de desemprego, equivalência e/ou reconhecimento ao nível das habilitações literárias, legalização de viaturas e tradução de cartas de condução, entre outras questões do quotidiano.

P&T