Logo
Imprimir esta página

Câmara atribui 44 bolsas de estudo

Câmara atribui 44 bolsas de estudo
Classifique esta informação
(0 votos)

A Câmara Municipal vai atribuir 44 bolsas de estudo a alunos do Ensino Superior do Concelho para o ano letivo 2014/2015. A decisão foi aprovada em reunião camarária no dia 5 de fevereiro. Os apoios, no valor global de €27.300,00, serão entregues no dia 21 de fevereiro, pelas 11h, em cerimónia a realizar no salão nobre do edifício dos Paços do Concelho.

A Autarquia aumentou assim o número de bolsas de estudo atribuídas, passando de 20 para 44 bolsas no presente ano letivo. “É intuito da Câmara apoiar a continuação dos estudos dos estudantes finalistas do Ensino Secundário oriundos de famílias economicamente carenciadas”, explica o presidente do Município, sublinhando que “a nossa prioridade são as pessoas, especialmente as famílias com maiores dificuldades”.

Segundo Armando Mourisco a atribuição destas bolsas de estudo tem uma importância social acrescida, ao facilitar o acesso a áreas essenciais da vida, como o ensino e a formação profissional. “Com estes apoios estamos a colaborar para a formação de quadros técnicos superiores, no Concelho, contribuindo assim para um maior e mais equilibrado desenvolvimento social, económico e cultural”, salienta o autarca.

As bolsas de estudo são atribuídas, anualmente, a alunos residentes no Concelho que não disponham de meios suficientes para suportarem os encargos com a frequência do Ensino Superior. As candidaturas devem ser apresentadas mediante preenchimento de formulário próprio que deverá ser entregue no Gabinete de Desenvolvimento Social, Solidariedade e Família da Câmara Municipal. O prazo de candidaturas será fixado, anualmente, por um período de 10 dias que deverá recair na segunda metade do mês de outubro de cada ano, dando cumprimento ao definido no regulamento para atribuição de bolsas de estudo em vigor desde dezembro de 2014.

P&T