Logo
Imprimir esta página

Execução orçamental de 2014 com saldo positivo de dois milhões de euros

Execução orçamental de 2014 com saldo positivo de dois milhões de euros
Classifique esta informação
(0 votos)

A Assembleia Municipal de Cinfães aprovou no dia 30 de abril, por maioria com 3 abstenções, a prestação de contas de 2014, que traduzem um saldo de execução orçamental positivo superior a dois milhões de euros.

As contas apresentadas mostram uma forte solidez financeira do Município, o que permitirá encarar o futuro de uma forma segura estando acautelada a apresentação de candidaturas a fundos europeus. O documento aprovado reflete o trabalho desenvolvido ao longo de 2014 e que foi transversal a todas as áreas de intervenção municipal, abrangendo todo o território. Um trabalho que assentou em princípios de rigor, equidade e transparência, na procura da melhoria da qualidade de vida dos Cinfanenses e na captação de investimento para o Concelho.

“Este relatório reflete um ano intenso, de muito trabalho, com o foco principal nas pessoas”, afirma Armando Mourisco, presidente da Câmara Municipal, sublinhando que “o equilíbrio nas contas vai permitir-nos estar na linha da frente na captação de fundos comunitários e na colaboração com empresas, famílias e pessoas para que possamos usufruir desses apoios e estruturar um tecido económico forte, com criação de valor e potenciador do nosso Território”.

Da leitura do documento destaca-se ainda uma taxa de execução do orçamento perto dos 70%; o acréscimo da receita corrente; a redução da dívida de médio e longo prazo e o aumento da capacidade de endividamento face à lei em vigor.

Apesar da forte dependência das transferências do Estado, estão reunidas as condições para que, em 2015, a Câmara Municipal continue empenhada e determinada em levar por diante a sua missão: dinamizar a economia local, valorizar as pessoas, promover o território e melhorar a qualidade dos serviços prestados à população.

P&T